Só no soro

Gente, espero que esteja tudo bem com todos.
Espero mesmo porque estamos num ritmo alucinante, SÓ NO SORO para sobreviver.

Com o advento necessário do digital e o colapso que a pandemia nos impôs, entramos num ritmo operacional impressionante.
Fiz um levantamento dos meus últimos dias de trabalho e não teve nenhum onde não tive, pelo menos, 7 reuniões.

Sem restrição de hora e tempo.

Ontem sofria da dor de não acompanhar o crescimento do meu filho em função do trabalho.
Com o home office, apesar de estar no mesmo ambiente, a dor não passou.

Até piorou porque a distância me blindava das cobranças vindas dele.
Além do volume de reuniões que vivemos, outro ponto é a dança dos pratinhos.
Coisa maluca. Cachorro comendo o fio do note, obra do vizinho, empregada varrendo seu pé, energia que acaba, internet que falha, etc.

Jesus me socorre.

No passado tínhamos hábitos que nos ofereciam momentos necessários, os de reflexão.
Esse momentos na minha história eram rotulados como “passeio de moto” e “momento do banho”.
Nesses momentos de imersão para absorção de todo conteúdo das reuniões, eu conseguia montar histórias na minha cabeça.
Hoje em dia, nem para almoçar estamos conseguindo parar.
Precisamos resgatar esses momentos. Como diz o ditado. “o ócio criativo” é necessário.

Já pensou se Isaac Newton não estivesse num momento de ócio?
Nunca teríamos a lei da gravidade.

E sem a convivência consigo mesmo, Sherlock Holmes seria quem é?

Amigos, retomem o ritmo de vida. Retomem o seu ócio criativo.
Esse é o desafio do momento.
Devemos sair do piloto automático, refletir sobre essa realidade e redefinirmos nossos momentos.
Ontem não irá voltar. Não perca tempo esperando.

Somos outras pessoas vivendo um outro mundo com novos hábitos. Partiu para a evolução.
Quem quiser um companheiro para correr ou pedalar, me chame no WhatsApp. Ás 6h to na rua.

Espero que goste.
Até a próxima, tenham uma excelente semana!

Evandro Lopes | CEO da SLcomm

By |2021-03-10T09:35:40+00:00março 4th, 2021|Notícias|0 Comments